(41) 3267-7890 | [email protected]
close
EVERTON CALAMUCCI PARTICIPA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA DECIDIR O FUTURO DA PLACA MERCOSUL
Novas - Vídeos

EVERTON CALAMUCCI PARTICIPA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA DECIDIR O FUTURO DA PLACA MERCOSUL

O presidente do Sindepar e da Fenadesp, Everton Calamucci, participou hoje (11) de uma audiência pública sobre a implantação da Placa Mercosul, na Comissão de Viação e Transportes, em Brasília. 

Durante a reunião, os deputados pediram que o Contran adie por mais 90 dias a entrada em vigor da resolução 729/18, a qual implementa a Placa Mercosul e que determina que até o final do ano ela seja obrigatória em todos os estados do Brasil.

“Na realidade o que nos apresentam todos os países do mundo gostariam de ter, mas o que estranhamos é que estamos colocando a carroça na frente dos bois. Se o sistema ainda não está implantado, funcionando, para que a gente possa dar a segurança que a sociedade pede, o nosso pedido é que o Contran tivesse sensibilidade de suspender por 90 dias essa exigência da venda dessas placas”, disse a deputada Christiane de Souza Yare , uma das autoras do requerimento para realização do debate.

“A todos interessa um mecanismo com mais segurança, o modelo é bom, conceitualmente, mas ficou evidente, que o sistema não foi devidamente preparado para se colocar em prática as resoluções deliberadas pelo Contran. É óbvio que não seria uma decisão confortável simplesmente dizer revoga a Resolução, tantas pessoas investiram e confiaram no poder público, mas também não podemos prejudicar 210 milhões de brasileiros por não termos um sistema seguro. Por esse motivo vamos amanhã em comissão conversar com o diretor do Denatran, Maurício Alves, para que o próprio Denatran proponha ao Contran uma revisão de prazo dessa resolução”, finalizou presidente da sessão na Comissão de Viação e Transportes, Domingos Sávio.

Na audiência foram apresentadas todas as controvérsias e, amanhã (12), ocorrerá votação que determinará o andamento da Placa Mercosul.

Assista abaixo o discurso de Everton Calamucci.

Convidados

Foram convidados para discutir o assunto com os parlamentares:

– o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Maurício Jose Alves Pereira;
– a diretora-presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Maria da Glória Guimarães dos Santos;
– o diretor-geral do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (PRF), Renato Borges Dias;
– o presidente da Associação Nacional dos Detrans, Antônio Carlos Gouveia;
– a presidente da Comissão de Trabalhos da Federação Brasileira de Identificação Veicular (Febraive), Andrea Alenz;
– o presidente da Federação Nacional dos Despachantes de Trânsito (Fenadesp), Everton Calamucci;
– o presidente da Associação Nacional de Estampadores de Placas para Veículos, Ivanio Inacio da Silva; e
– o presidente do Conselho Federal dos Despachantes Documentalistas do Brasil, Gilberto Alvin Freitas.