(41) 3267-7890 | [email protected]
close
SINDEPAR CONTRA O AUMENTO DA TAXA DE GRAVAME

Foto: Bruno Tadaschi Remza

Destaques

SINDEPAR CONTRA O AUMENTO DA TAXA DE GRAVAME

Na segunda-feira (13), membros da diretoria do Sindepar e representantes do Sindicato das Concessionárias de Veículos do Estado do Paraná reuniram-se com o presidente da Fecomércio PR, Ari Bittencourt, para discutir sobre a lei que pretende aumentar as taxas para implantação de gravame nos contratos de financiamento de veículos.

Atualmente, no Paraná, a empresa Megadata, faz os registros no sistema de gravames e o Detran-PR cobra a taxa de R$51,35 para alienar ou desalienar um veículo. Com a nova lei que pode entrar em vigor, haverá a troca da empresa prestadora de serviços e a cobrança pode subir para R$300.

Os sindicatos procuraram a Fecomércio PR para impedir esta cobrança abusiva que afetará não somente o bolso dos contribuintes pessoas físicas, mas também de empresas do setor produtivo e locadoras de veículos.

De acordo com Nei Barbosa, assessor técnico do Sindepar, o aumento da tarifa pode fazer com que empresas migrem suas frotas para outros estados, afetando, consequentemente, o mercado dos despachantes. “Com mais este peso no bolso, as empresas vão procurar emplacar seus veículos em locais onde esta cobrança exorbitante é inexistente”, disse ele.

“Já estamos alinhando outras reuniões com as entidades interessadas para impedir que esta lei entre em vigor. Estamos atentos e vigilantes!”, declarou Everton Calamucci, presidente do Sindepar.